Tudo acontece em Brasília
DF Legal segue recomendação do Ministério Público

DF Legal segue recomendação do Ministério Público

Ver Original

O DF Legal – Agência de Fiscalização atuou, nesta terça-feira (5), no Carnaval 2019, em Brasília, na cobrança de licenças, organização de ambulantes e na orientação sobre descarte de resíduos sólidos. Ao contrário dos últimos 10 anos, não houve venda de bebida alcoólica nas imediações do bloco infantil Baratinha, no Parque da Cidade, conforme recomendação feira pelo MPDFT. Os ambulates comercializaram confetes, sprays, refrigerantes, água, pipoca e algodão doce.

Ainda nesta terça, o DF Legal registrou sua primeira apreensão de bebidas alcoólicas em garrafas de vidro durante os dias de folia. Segundo os auditores fiscais, houve resistência e desacato aos servidores na abordagem. Como o ambulante se recusou a retirar as bebidas e não contava com autorização, houve a apreensão. Casos parecidos aconteceram durante o Carnaval 2019, mas, com a mediação feita pelos auditores, os ambulantes recolheram garrafas ou objetos cortantes, por exemplo.

Com informações do DF Legal