Tudo acontece em Brasília
Sejus mais perto do cidadão: moradores do Paranoá aprovam iniciativa

Sejus mais perto do cidadão: moradores do Paranoá aprovam iniciativa

Ver Original

Emissão de documentos, demandas para Defensoria Pública e conselho tutelar, orientação sobre diferentes temas, atendimentos a vítimas de violência, palestras e oficinas. Essas foram algumas das atividades oferecidas à população do Paranoá, nesta sexta-feira (12/04), no primeiro dia da iniciativa “Sejus mais perto do Cidadão”, promovida pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus-DF). A iniciativa leva para as Regiões Administrativas serviços e ações da Secretaria, como Na Hora e Procon, e de outros órgãos do governo do DF, entre eles a Polícia Civil, que atuou na emissão da carteira de identidade, e a Defensoria Pública. Apenas o Na Hora realizou quase 500 atendimentos.

“O evento teve uma boa adesão dos moradores do Paranoá. O nosso objetivo é aproximar cada vez mais o atendimento e a prestação de serviços da população”, avaliou o secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha.

A população do Paranoá chegou cedo para aproveitar as ações, entre elas a emissão das carteiras de identidade e de trabalho, um dos serviços mais procurados. O supervisor de vendas Salmo Madeira foi um dos moradores que compareceu ao evento em busca da segunda via de documentos. “Passei aqui para retirar a segunda via da minha Carteira de Trabalho, que perdi há um tempo. Com esse evento, ficou mais fácil. Não tive que ir ao Plano Piloto resolver isso. Facilitou a minha vida”, explicou. A diarista Lúcia Santos também aproveitou a comodidade de poder solicitar a documentação perto de sua residência. “Consegui vir a pé da minha casa para tirar a segunda via da carteira de trabalho”, comentou. E ainda fez um pedido: “Esse projeto é muito bom. Seria ótimo se tivesse mais vezes”.

Defesa pessoalJá a autônoma Raquel Leite se interessou pela oficina de defesa pessoal. “Foi muito legal. Como sou mulher, essa aula meu deu vários ideias de como me proteger. Isso é bom para eu me sentir mais segura em qualquer lugar”, disse.

A programação continua neste sábado (13/04) no Paranoá. Para o segundo dia, foram incluídas atividades lúdicas para as crianças, ações de lazer e cultura, serviços de maquiagem e modelagem de cabelo, entre outras. As ações no Paranoá acontecem na administração regional local, na Praça Central – s/n lt 1, das 9h às 17h.

No final de março, foram atendidos os moradores de Candangolândia, primeira cidade a receber o Sejus mais perto do cidadão.

Programação – dia 13 de abril no Paranoá:

Atividades lúdicas para crianças – Apresentações culturais; brinquedos infláveis e cama elástica; leitura de história por meio de música, voz e violão; distribuição de algodão doce e pipoca; orientações dos conselheiros tutelares; distribuição de cartilhas.

Roda de conversa – O papel do Conselho Tutelar.

Palestras – Orientações à população sobre possíveis encaminhamentos às comunidades terapêuticas para tratamento de dependência química e voltadas aos familiares sobre como podem participar desse processo.

Cinejus – “Cultura da Paz”, exibição de filme durante a ação e diálogos sobre prevenção da violência a partir da linguagem do cinema.

Atendimento do programa Pró-Vítima – Atendimentos de vítimas de violência realizado por assistentes sociais e por psicólogas no âmbito do programa.

Maquiagem – Serviços de maquiagem e modelagem de cabelo.

Serviços – Emissão de 1ª e 2ª vias de carteiras de identidade; emissão de Carteira de Trabalho (atualizações e informações); 2ª via de IPVA; 2ª via de IPTU; emissão de certidões; parcelamento de débitos; formulários e recebimento de reclamações; orientação jurídica e social; Juizado Especial Itinerante.

Balcão de informações – Informações sobre direitos das pessoas com deficiência (Cartilha Coddede); Distribuição de material informativo dos serviços ofertados a população LGBT pelo governo do DF; distribuição de material informativo sobre os direitos da pessoa idosa;

Ação, Cultura e Lazer – Apresentação cultural de grupos da Comunidade e advindo dos CEU’s das Artes; Projeto Esporte à Meia Noite com a disponibilização de cama elástica, mesa de pingue-pongue e pebolim; Mala do Livro com a biblioteca móvel que conta com profissionais de contação de histórias para crianças.

Oficina – Defesa pessoal para a população em geral, com o objetivo de ensinar posturas e movimentos simples de defesa que podem ser executados no dia a dia em uma eventual situação de agressão. De 14 às 16h. O evento vai contar também com exposição de produtos fabricados nas oficinas das unidades prisionais do DF.

Apresentação da Gerência de Empregabilidade para pessoas com Deficiência acerca das vagas disponíveis e recebimento de currículos. Consulta cadastro do passe livre; emissão de documento de identidade para pessoa em situação de vulnerabilidade.

*Com informações da Sejus