Tudo acontece em Brasília
Brasília terá campeonato de ciclismo para festejar seus 60 anos

Brasília terá campeonato de ciclismo para festejar seus 60 anos

Ver Original

Duas mil pessoas foram mobilizadas para que fosse realizada, na manhã deste domingo (13), a prova de ciclismo GF Brasília – no estilo Gran Fono, onde o ciclista tem a opção de dois percursos, o longo com (125 km) e o curto (90 km). Tudo foi preparado para que os 450 atletas participantes pudessem percorrer um belo circuito, que envolveu os principais pontos turísticos de Brasília. 

O vice Paco Britto na premiação: retorno para a economia local – Foto; Vinícius de Melo/ Agência Brasília

O GF Brasília premiou atletas nas categorias por idade, por equipes e geral masculino e feminino (e troféus com cheques simbólicos no valor R$ 200, R$ 400 e R$ 600, respectivamente, para os terceiros, segundos e primeiros colocados). 

A concentração foi na Esplanada dos Ministérios, onde o vice-governador Paco Britto foi recebido pelo secretário de Esporte e Lazer, Leandro Cruz. Lá, o vice-governador adiantou que o GDF lançará, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, um campeonato brasiliense com cinco provas em comemoração aos 60 anos de Brasília.

O atleta brasiliense Alan Clécio Iannini foi segundo colocado geral elite e primeiro colocado de Brasília. Ele conta que a prova foi muito bem organizada. “A largada foi pontual. A segurança também estava boa, em relação à pista fechada com os cones e batedores”, ressaltou. 

Segundo ele, Brasília estava carente de provas grandes de ciclismo. Então, o Gran Fono veio para ficar como uma grande prova no cenário de Brasília”, valorizou.

Foto; Vinícius de Melo/ Agência Brasília

Já a atleta Priscila Benício, 32 anos, terceira colocação geral e segunda na categoria de 18 a 39 anos, estava radiante com os resultados – e o prêmio de uma bicicleta. Para isso, ela treina seis vezes por semana (15 horas semanais). 

Além disso, acha tempo para atuar como empresária (possui marca de roupas de ciclismo) e é mãe (tem um filho de quatro anos). Casada, Priscila mora em Belo Horizonte (MG) e faz parte dos quadros da Atleta Memorial Santos. “Meu treino é a distância, pois meu técnico Marcos Novelho mora em São Paulo. Eu passo a planilha pela internet, o sistema lança o treino e, depois, ele valida”, confessou, divertida.

EconomiaPaco Britto ratificou a importância da realização desse tipo de prova na capital. “É um incentivo para Brasília. O esporte [a prova tinha atletas amadores (95%) e profissionais] é muito importante. Ao recebermos esses 450 atletas e aproximadamente duas mil pessoas envolvidas no projeto, geramos economia à cidade, na gastronomia, na rede hoteleira. É um retorno ao Distrito Federal por meio de impostos, além da visibilidade de Brasília, visando a festa dos 60 anos”, frisou, o vice-governador. 

Presente ao evento, o presidente do Banco de Brasília (BRB), Paulo Henrique Costa, concordou com o vice-governador sobre a visibilidade que a prova proporciona à capital federal. E disse que o banco tem orgulho de voltar a participar de eventos que proporcionam lazer, cultura e esporte.