Notícia Voltar

Religiosos celebram Festa de Nossa Senhora de Aparecida na Esplanada
A Igreja Católica comemora a data e os 300 anos do encontro da imagem da Senhora Aparecida, nas Águas do Rio Paraíba do Sul

Publicidade

A missa teve início às 8h30. As crianças pertencentes a Paróquia São Paulo Apóstolo no Guará iniciaram as atividades em celebração à Nossa Senhora Aparecida coroando a Santa  

Religiosos se reuniram, na manhã desta quinta-feira  (12/10), na Esplanada dos Ministérios, para celebrar a tradicional Festa de Nossa Senhora de Aparecida. A Igreja Católica comemora a data e os 300 anos do encontro da imagem da Senhora Aparecida, nas Águas do Rio Paraíba do Sul. Em um dos pontos altos do evento religioso, crianças coroaram a Santa no palco montado no gramado central.

Leia mais notícias em Cidades

Saiba maisFesta para Nossa Senhora terá programação especial em várias cidadesConheça as histórias de devoção de Marias Aparecidas à padroeira do paísConfira o que abre e o que fecha no feriado de 12 de outubroA missa teve início às 8h30. As crianças pertencentes a Paróquia São Paulo Apóstolo no Guará iniciaram as atividades em celebração à Nossa Senhora Aparecida coroando a Santa. O coral da comunidade foi responsável pelos cânticos que embalaram a fé na área central de Brasília.

A Arquidiocese de Brasília responsável pelo evento, ainda não contabilizou quantos fiéis acompanharam a missa nesta manhã.  Logo após a missa, as crianças seguem para atividades recreativas com pula-pula, cama elástica e outros brinquedos. A recreação segue até às 14h quando começam as orações com o terço, além de apresentações preparada por grupos jovens de diferentes arquidioceses de Brasília.

Para os pequenos

O bispo auxiliar de Brasília, dom Marcony Vinícis Ferreira, comentou a importância da festa. “Brasília, desde o primeiro momento, foi consagrada a Nossa Senhora Aparecida. No dia 3 de maio de 1957, o presidente Juscelino pediu uma missa e, nela, chegou a pequena imagem que guardamos na Catedral metropolitana de Brasília. Desde os primórdios, Brasília foi coberta com o manto de Maria. Ela chegou primeiro para preparar o caminho para todos nós”, afirmou.

 

Para dom Marcony, crianças são elemento fundamental na celebração da data

O sacerdote também comentou o papel das crianças na festa religiosa. “Nada mais justo que reunir as crianças, os mais amados de Jesus e Maria e os mais puros. Por isso, a primeira missa do dia é para elas. E a elas damos o direito e a alegria a coroar a Nossa Senhora, a mãe de Deus, de Jesus. Nos dias de hoje, precisamos rezar pela nossa infância, famílias, segurança. Por tudo que necessitamos na nossa cidade com tantos problemas e dificuldades que Brasília, o Brasil e o mundo enfrentam, é tão bom reunir as crianças para ver a alegria e a esperança do nosso futuro”, declarou.

“Durante todos o dia teremos momentos de louvor e de alegria. Teremos terço, ofício de Nossa Senhora. Os jovens farão uma apresentação em honra a Maria. Às 17h, será o nosso momento cume, com nosso cardeal arcebispo, dom Sérgio da Rocha. Teremos a santa missa onde celebraremos esses 60 anos da presença de Nossa Senhora em Brasília e dos 300 anos da presença dela no Brasil”, completou.

Trânsito

O trânsito na Esplanada dos Ministérios segue modificado durante todo o feriado. Três faixas da via S1 e N1 ficarão interditadas para a circulação de veículos. Na hora da procissão às 18h30, todas as faixas da S1 e N1 ficarão fechadas para a passagem do cortejo. A alternativa aos motoristas será trafegar pela S2 e N2, anexas  Ministérios.

Fonte: CorreioBraziliense

Acesso Rápido

Mais Lidas da Semana