Notícia Voltar

Idosa morre atropelada no Gama; polícia investiga
A idosa foi socorrida e levada ao Hospital Regional do Gama (HRG), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local

Publicidade

Motorista deu marcha-ré no carro e não teria visto a idosa, que caminhava na pista (foto: Divulgação)
Uma idosa morreu após ser atropelada por um carro, na Quadra 1, Conjunto F do Setor Sul do Gama. O teste do bafômetro do motorista não apontou embriaguez ao volante. O caso ocorreu na noite de segunda-feira (9/7) e foi registrado na 20ª Delegacia de Polícia, mas a investigação está com 14ª DP (Gama).

De acordo com informações da Polícia Civil, o motorista do GM Prisma Prata, de 27 anos, e a vítima, Carolina Pereira de Souza, 78, seriam vizinhos. "Ele saiu de casa mas, no caminho, decidiu voltar. Ele disse que olhou pelo retrovisor, não viu ninguém na via e engatou a marcha ré", explicou o delegado Alexandre Nogueira, titular 14ª DP.

Após o atropelamento, o condutor prestou socorro à vítima. Ela foi conduzida ao Hospital Regional do Gama (HRG), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo o delegado, o jovem permaneceu na cena do atropelamento até o fim da perícia. O caso é tratado como homicídio culposo [quando não há intenção de matar]. "Ele fez o teste de alcoolemia, que deu negativo. Entretanto, as investigações são preliminares e ainda não finalizamos a apuração sobre o que pode ter ocorrido", explica Nogueira. 

Fonte: CorreioBraziliense

Acesso Rápido

Mais Lidas da Semana