Notícia Voltar

Mulher se recusa a pagar conta de R$ 647 em bebida e comida e é presa
Há cerca de um mês ela havia sido presa por não pagar a conta de um outro bar, na Asa Sul

Publicidade

Mulher consumiu comidas e bebidas em fartura, mas não quis pagar (foto: Ana Carneiro/Esp. CB/D.A Press)

Uma mulher de 36 anos foi detida após se recusar a pagar a conta de uma churrascaria do Setor Hoteleiro Sul (SHS), na madrugada desta sexta-feira (14/9). Ela consumiu um valor de R$ 647,75 em bebidas e comidas, mas quis sair do estabelecimento sem pagar. A Polícia Militar foi chamada e recebida com xingamentos e agressões da acusada, que foi encaminhada para a 5ª Delegacia de Polícia (Área Central).

Os PMs que participaram da abordagem contaram que ela deu chutes na perna de um dos militares e continuou tentando agredi-los durante toda a ocorrência, até ser imobilizada e encaminhada à DP. Na sua ficha criminal, a última passagem surpreendeu os policiais: ela havia sido presa no dia 12 de agosto pelo mesmo crime, se recusar a pagar a conta de um estabelecimento, naquela ocasião na 206 Sul.

O gerente da churrascaria no Setor Hoteleiro contou à polícia que tentou resolver a situação propondo um pagamento no dia seguinte ao fato, mas ela não aceitou. O caso aconteceu às 1h30 e a acusada foi detida em flagrante, mas assinou um termo de compromisso de comparecimento à Justiça e foi liberada em seguida. 

Fonte: CorreioBraziliense

Acesso Rápido

Mais Lidas da Semana