Notícia Voltar

Em agenda, Fraga ataca Ibaneis e promete contratação de bombeiros e PMs
Segundo pesquisa Datafolha, divulgada nessa quarta-feira (4/10), Alberto Feaga (DEM) está com 7% das intenções de voto e em quarto lugar na corrida pelo Palácio do Buriti

Publicidade

Candidato cumpriu agenda na Candangolândia (foto: Marilia Lima/Esp. CB/D.A Press)

A 2 dias para o primeiro turno das eleições de outubro, o concorrente a chefia do Palácio do Buriti Alberto Fraga (DEM) começou o dia na Candangolândia. Ele tomou café da manhã em uma padaria da região e andou pela cidade. Durante a caminhada, Fraga prometeu a contratação de 2 mil policiais militares e 500 bombeiros. De acordo com ele, parte desses profissionais seriam da reserva. No entanto, no âmbito da Polícia Civil, o candidato não garantiu paridade salarial, uma das principais pautas da corporação. "Concederemos o mesmo tipo de benefícios as forças de segurança", finalizou. 

Após assinar denúncia contra Ibaneis Rocha (MDB) o acusando de abuso de poder econômico nessa terça-feira (2/10), Fraga voltou a atacar o concorrente. Ele ressaltou a alegação do emedebista de que iria reconstruir casas derrubadas pela Agência de Fiscalização (Agefis) com o próprio dinheiro. “Ele praticou um crime eleitoral", acusou. De acordo com ele, Ibaneis se diz "dono do poder judiciário". 

Para os moradores da Candangolândia, Fraga garantiu reforço na segurança. "Vamos combater o tráfico de drogas, reabrindo o posto policial e o equipamento com drones", comentou. Em relação à saúde, o candidato afirmou aumentar o efetivo, medicação e equipamentos da unidade de saúde local. "O fortalecimento dos postos de saúde é a pauta principal do nosso governo", garantiu. 

Em relação sobre a possibilidade de participar do segundo turno eleitoral, Fraga se disse confiante e afirmou não acreditar nas pesquisas. "A gente sabe que por diversas vezes já houve manipulação e compra", atacou. Com 7% das intenções de voto, Fraga é o quarto colocado na corrida eleitoral, de acordo com pesquisa da Datafolha, encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo e divulgada na quarta-feira (4/10). Liderando a pesquisa seguem Ibaneis Rocha (32%), Eliana Pedrosa (Pros) (14%) e Rodrigo Rollemberg (PSB) (11%). 

Questionado sobre a ausência do candidato à presidência da república Jair Bolsonaro (PSL), que Fraga apoia, no debate dessa quinta-feira (5/10), promovido pela Rede Globo, o concorrente ao Palácio do Buriti se irritou e se limitou a dizer "você sairia de casa com um rasgo no estômago?", se referindo ao ataque que o postulante sofreu e foi esfaqueado. Contrariados e em tom agressivo, eleitores de Fraga interromperam a reportagem do Correio para defender Bolsonaro.

Fonte: CorreioBraziliense

Acesso Rápido

Mais Lidas da Semana